in

Bolsonaro atacou a imprensa por 299 vezes nos últimos nove meses; aponta relatório

A relação do presidente Jair Messias Bolsonaro (sem partido – RJ), não pode ser considera harmoniosa.

Não são raras as vezes que que Bolsonaro discute com algum jornalista ao ser interpelado por algum tema que lhe desagrada.

De acordo com as informações repassadas pelo portal de notícias online do jornal ‘O Globo”, nos últimos nove meses, Jair Bolsonaro promoveu cerca de 299 ataques a jornalistas e veículos de comunicação.

A pesquisa foi realizada pela Federação Nacional dos Jornalistas (Fenaj), no período entre o mês de janeiro e setembro de 2020, o relatório foi mensurado através do “Monitoramento de discursos, entrevistas e postagens em redes sociais”.

Segundo os números apresentados no relatório, os ataques correspondem a pelo menos 33 casos por mês neste período, ou seja, cerca de uma agressão por dia.

A Fenaj, relata que a maioria, 259, é classificada como descredibilização da imprensa. Trinta e oito casos foram registrados como “ataque ao profissional jornalista”. E outros dois casos são classificados como ataque à organização sindical.

São muitas as ofensas e ameaças feitas pelo presidente Jair Bolsonaro e o documento que foi divulgado nesta quarta-feira (14), mostra  por escrito muitas delas. Veja mais detalhes:

O jornal ‘O Globo’, procurou a assessoria do Palácio de Planalto que preferiu não se pronunciar sobre o assunto.

LEIA TAMBÉM:

Fonte: O Globo